Esqueci minha senha

Acessórios da Dança do Ventre: Como comprar, etc

Escrito por Fernando Nagem

 

 

Vamos começar com ESPADAS.

 

ESPADA é um dos principais instrumentos da Dança do Ventre. As principais exigências são:

 

 

 

Equilíbrio: Como ela é colocada na cabeça, no tronco, na perna, o equilíbrio é fundamental. Coloque-a na palma da mão e verifique se ela está pendente para um lado. Caso esteja, coloque a cabeça embaixo das axilas e com uma mão segure na ponta da lâmina e force aos poucos, devagar, para o lado contrário para onde ela estiver pendendo. Fazendo devagar até que ela fique equilibrada. Não dance com ela desequilibrada. Pode cair.

Limpeza: a limpeza vai depender o tipo de material usado. Caso seja metal (latão) e for dourada, você pode limpar com catchchup (este mesmo que você em pizza). Passe nela toda, deixe por 15 minutos, depois limpe com detergente e a parte lisa da esponja. Lave bem. Seque e em seguida aplique um polidor de metal (comprado em qualquer supermercado). No caso de ser prata use somente pano seco e se estiver muito suja pode usar o polidor também.

Transporte: transporte sempre com cuidado, não colocando nada em cima dela. Pode deixar solta dentro do carro, no meio das bagagens. Só ter cuidado. Quando for comprar faça o teste do equilíbrio ou procure um fornecedor de confiança. =)

 

 

CANDELABROS

 

 


O fundamental no candelabro é o ajuste dele na cabeça. Tem que ficar firme. Ele não pode deixar a dançarina insegura. Portanto, tem que ser anatômico e ajustável. O peso também deve ser avaliado.

 

O local das velas tem que ter a proteção para quando a cera escorrer não cair no cabelo ou na roupa da dançarina. Hoje temos os candelabros “flex” que podem ser usados com velas de fogo ou de led. Como é uma peça delicada devem ser transportados com carinho, segurando pela parte debaixo dele e não nas hastes. Tomar cuidado caso as hastes empenem, não forçar as pratinelas. Usando com carinho duram muito.

 

 

SNUJS

Os snujs - também chamado Sagat - são para mim ao mais chique dos instrumentos para Dança do Ventre.


Neles o importante é o som. Não importa o tamanho, mas o som. Normalmente os snujs são dourados por darem o melhor som. Teste: toque e ouça o som reverberar, e conte até 12 no mínimo. Cuidado com aqueles snujs baratinhos, que são fundidos e com o som terrível. É perder dinheiro. Não recomendo e não vendo os de Pratas, pois são banhados, descascam e têm o som alterado. E olhem, se estiver tocando, ninguém vai ver se ele é dourado, prata, vermelho, mas vão ouvir o som. A limpeza é a mesma das espadas e deve ser efetuada sempre. A sujeira altera o som do snujs.

 

PANDEIROS

 


Na origem da Dança do Ventre ela era uma dança ritualística, praticada pelas sacerdotisas que dançavam para a Deusa Isis, que era a Deusa da fertilidade das mulheres, da natureza. Como não tinham parâmetro nenhum elas usavam o som de lata com lata (como nos snujs) porque elas achavam que quanto mais estridente o som, mais poder se tinha de penetrar no mundo etéreo. Então os pandeiros devem ser escolhidos também considerando esta informação. Não podem ser pandeiros de “pagode” que tem o som diferente. Devem ser leves, anatômicos, para não machucar a mão da dançarina.

 

 

BENGALA OU BASTÃO

A escolha depende da dança. Temos de bambu ou coloridas. O único critério e o tamanho que deve ser medido do chão até a altura do umbigo, ou até 3 cm abaixo.

Aqui você pode saber mais sobre a dança com bengala!


 

Fernando Nagem é proprietário da Mahal Dance, loja especializada em acessórios para Dança do Ventre. Vende para todo o Brasil.

http://www.mahaldance.com/

 

  

 


Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

vídeosbailarina professoraliteraturaartigobailarina homenageada dança do ventrerevista musica arte homenageada egito cairo brasil homenagem bailarina dança central danca do ventre