Esqueci minha senha

O que ajuda e o que atrapalha o Improviso na Dança

Escrito por Nesrine

 Nesrine - Dança do Ventre

 

 

Se você já leu o Ebook De Repente a Dança - Desmistificando o Improviso na Dança do Ventre da Nesrine, notou que algumas coisas como se cobrar demais atrapalha pra improvisar, não é? Neste artigo a Nes fez um resumo do que ajuda e do que atrapalha na hora de Improvisar.

Vamos lá!

 

O que ajuda Improvisar na Dança do Ventre......

 

- Adaptar o treino de improviso de acordo com sua disponibilidade de horário. Se tem tempo disponível ou é profissional da dança, escolha treinos mais longos. Senão, escolha treinos e músicas mais curtos;

 

- Adaptar o treino também com relação ao local. Qualquer lugar é lugar para dar uma treinadinha! Se pequenos espaços não te possibilitam treinar com adereços, opte por não usá-los. Mas treine!

 

- Iniciar os estudos de improviso com músicas que possuam base rítmica mais contínua, como as músicas modernas. Vá aumentando a complexidade das músicas de acordo com seu desenvolvimento nos estudos;

 

- Propor para si mesma os objetivos que gostaria de alcançar a cada treino.

 

- E não se cobrar objetivos que não foram propostos. Se não estabeleceu nenhum objetivo, não se martirize depois com cobranças!;

 

- Organizar e criar uma regularidade nos estudos. Muitas vezes a frequência é mais importante do que o tempo.

 

- Estimular a criatividade. Assistir a bons vídeos de dança, brincar com novas possibilidades, arriscar novas combinações…;

 

- Não se prender ao espelho. O espelho é muito importante e é nosso amigo em muitas horas, mas na hora de improvisar procure se desprender do espelho para que outros sentidos possam ser desenvolvidos;

 

 - Buscar um treino bem adaptado e orientado para que ele seja prazeroso;

 

- Desenvolver uma capacidade de auto avaliação que seja sensata:  rigorosa o suficiente para promover seu desenvolvimento e generosa para reconhecer e incentivar o progresso.

 

 Nesrine - Dança do Ventre

 

O que atrapalha o Improviso na Dança do Ventre...

 

- Estabelecer treinos pesados demais quanto ao tempo e aos objetivos a serem alcançados;

 

- Utilização de músicas muito difíceis;

 

- Corpo inativo. A falta de aulas regulares e estudos fazem com que o corpo fique indisponível para o treino: corpo pesado, lento e mente sem criatividade;

 

- Incompreensão das etapas do improviso. Por falta de informação e má orientação;

 

- Incapacidade de autoavaliação. Esses dois últimos costumam ser os grandes vilões que resultam na desmotivação e desistência do estudo;

 

- Achar que é um treino muito adiantado e que é preciso um largo repertório para fazê-lo. O improviso é para todas! Desde o nível iniciante já conseguimos treiná-lo e desenvolvermos uma dança de improviso digna para o nível;

 

- Presença de outras pessoas assistindo. Se isso incomoda, busque treinar sozinha ou em aula;

 

- Submeter seu treino de improviso a avaliações de pessoas que não têm preparo. Alguém assiste seu treino e começa a criticá-lo como se fosse uma apresentação de dança;

 

- Não entender as profundas diferenças entre treino de improviso e uma apresentação de dança. Dançar numa apresentação requer muitas habilidades que devem ser treinadas separadamente no treino de improviso. O erro de achar que treinar improviso é sair dançando é muito comum. Realmente, para os treinos profissionais isso até pode ser verdade, mas para todos os outros níveis não. Isso é prejudicial para o treino, para o desenvolvimento, para a autoestima e para a motivação.

 

- E por fim, pensar que improviso não precisa ser treinado! Improvisar é como dançar sorrindo.

 

 

É preciso treino e dedicação. Não podemos contar que na hora H vai acontecer...
Espero que essas dicas ajudem a improvisar e a dançar melhor.
O improviso é para todas e faz muito bem para a dança.

 

Muitas dessas informações são fruto de feedbacks das minhas alunas que por anos as recolhi e as compilei.
Me contem aqui suas experiências!Vou adorar ouví-las!
 

 

Nesrine é bailarina e professora de Dança do Ventre há mais de 15 anos. Autora do 1º Ebook sobre Improviso no Brasil, ministra aulas em SP e Workshops pelo Brasil.
Site: www.nesrine.com.br
Blog: www.danceporqueebom.com.br

Fotos: Jay Andreotti

 

Pra evitar o que te atrapalha e incentivar seu improviso na Dança do Ventre a gente lançou a 2a edição do Ebook De Repente a Dança.

 

 

 

 


Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

revista vídeos egito arte brasil central danca do ventre professoraliteraturabailarinaartigo dança homenagem bailarina musica homenageada dança do ventre cairobailarina homenageada