Esqueci minha senha

Hossam Ramzy

Escrito por Equipe CDV

 

Entrevista Hossam Ramzy para o Central Dança do Ventre

 

1) Você já comentou que as brasileiras são muito habilidosas na dança, mas que na hora de ouvir e interpretar a música deixam a desejar. Fale um pouco sobre isso.

 

Sim, eu acredito que a "Dança" é uma parte muito central da vida brasileira. Eu sinto isso em cada pessoa que eu já vi ou falei. As mulheres que andam nas ruas têm uma certa ginga em seu movimento. Ele é construído com qualidade e parece maravilhoso como as mulheres brasileiras dançam o estilo egípcio. Eu sinto que o movimento está vindo da alma, do corpo e do coração também.

 

O próprio passo do samba é um movimento de quadril não contrário do próprio andar egípcio. Eu sempre sinto que o passo do Samba se encaixa perfeitamente com os ritmos "Fallahy" e  "Saidi". Ele cria uma combinação tão atraente com esses ritmos como se fosse supostamente para ser dançado dessa forma .... Eu amo.

 

As bailarinas que encontrei no Brasil são artistas muito dedicadas e elass são capazes de muitos movimentos que não são encontrados nos dançarinos no resto do mundo. Sinto que posso obter dançarinos ainda mais capazes do que com dançarinos de outros países. Esta é a minha opinião pessoal e profissional.

 

Eu tenho treinado muitos dançarinos de todo o mundo, mas eu acho que eu tenho os melhores resultados de dançarinos brasileiros e estamos ansiosos para continuar a fazê-lo.

 

2) Você diria que a dança hoje se vende muito por acessórios, como figurinos, passos mirabolantes, etc, e deixa de lado sua essência?

Sim, eu acho... Muitos bailarinos são "medidos" pelo brilho e pela da cena da dança e por  competir com outros dançarinos, ao invés de perceber a verdadeira essência da dança: feita para ser divertido para suas audiências.

 

É claro que o público fica impressionado com o brilho, mas estou certo de que preferiria ver a verdadeira dança e criatividade artística ao invés de apenas brilho, trajes e acessórios para substituir o verdadeiro talento que está faltando.

 

Eu tenho uma forma muito simples de analogia, que é a de um comediante que não é realmente engraçado ... Você vai encontrá-lo e ele tem que usar trajes parvos, fazer um monte de movimentos engraçados com as mãos ou o rosto estúpido .... mas o que ele faz .. .. ele não vai fazer você rir.

 

Mas há outros comediantes básicos que não precisam de adereços ou caretas ... ele ou ela vai dizer uma palavra e você vai ri disso para sempre.

 

A mesma coisa com dançarinos que não podem realmente dançar .... e dançar significa "para traduzir a música perfeitamente". Minha filosofia é: "A Verdadeira Arte da Dança Oriental é visualmente ouvir a música" 2000 Copyright © Hossam Ramzy

 

E esta é a filosofia da Escola Drumzy e é a filosofia que eu uso na composição de todo a dança do ventre e música também. Eu imagino o que a dançarina vai dançar com essa música.

 

3) Quais dicas você daria para as bailarinas brasileiras?

 

Meus conselhos mais importantes são:

 

- Leia meus artigos em nosso site sobre a dança nesses links:  E http://www.hossamramzy.com/portuguese/dance/dance_been1.htm
http://www.hossamramzy.com/portuguese/dance/drumming4dancers.htm

 

- Aprenda a tocar um tambor. Não necessariamente uma Tabla / derbake ... Tocar um Duff e aprender os ritmos adequadamente. Desta forma, você será capaz de compreender as partes e seções da sua música e será capaz de coreografar muito mais fácil.

 

- Aprenda com o maior número de professores possível. Mas quando você encontrar um que pode realmente ajudá-lo, certifique-se de ficar com ele e aprender o máximo possível.

 

- Quando você puder e tiver aprendido bastante, comece a ensinar. Ensino porque é uma nova curva de aprendizado para você mesma com as coisas que você já conhece.

 

- Sem ser egoísta, venha às nossas oficinas e cursos de Formação. Você vai aprender muito mais do que você pode imaginar e você nunca mais será a mesma novamente. Nossos cursos vão mudar sua arte e vida. Basta perguntar para aqueles que já participaram. :)

 

- Ouça boa música de dança e pratique exercício físico regular.

 

- Continue a dançar com o coração ... e traduza a música.

 

4) Este será o 4º ano seguido aqui no Brasil. O que você tem sentido destes eventos aqui?

 

Sim é, e não será a última.

 

Estas visitas mudaram a vida de muitos bailarinos e têm ajudado 100 dos dançarinos a entender a música e dançá-la melhor. Eu posso ver uma grande mudança no estilo de dança dos dançarinos brasileiros que agora entendem a música egípcia e ritmos muito melhor e estão traduzindo a música, tornando-se dançarinos formidáveis, ​​e sua produção estética foi aprimorada tremendamente...

 

Estamos fazendo um poderoso trabalho com estas visitas e vamos continuar a fazê-lo.
Junte-se a nós em nossas visitas a Recife e Rio de Janeiro... Você nunca mais será o mesmo novamente.

hossam-rj-agosto-2015

 

 

5) A vindas de vocês passou a ocorrer com mais frequência após o encontro com a Dani Agnis em São Paulo, não foi? Conta pra gente como começou este encontro que se tornou uma grande parceria.

 

Sim, isso é verdade .... A bailarina Dani Agnis de Studio Agni em Americana - SP nos convidou para vir e fazer um evento com ela em 2011. Este foi um sucesso tão grande que decidimos juntar as mãos e nos tornar parceiros em algumas novas aventuras. Depois das aventuras mais importantes foi o primeiro "Curso de Imersão" em Americana. Este foi o início da profunda amizade entre nós, onde ambos compartilham os mesmos objetivos:

 

- A disseminação da cultura egípcia verdadeira.

 

- O aprimoramento das habilidades dos bailarinos de todo o Brasil.

 

Acredito que estamos sendo muito bem sucedidos em tornar estes dois objetivos reais.

 

Convidamos o Studio Agni para se tornar uma Escola credenciada da Escola Drumzy e vamos continuar para criar um excelente trabalho em conjunto para melhorar a dança no Brasil.

Entrevista Hossam Ramzy - Central Dança do Ventre

 

 

 6) Para aquelas que ainda não conhecem o seu trabalho e o da Serena de perto, o que você diria que suas danças estão perdendo com isso? Ou seja, ao tomar conhecimento de perto com a Drumzy School Of Music & Dance o que pode melhorar na dança das brasileiras?

 

Bem, pra quem não sabe o meu trabalho é como compositor, arranjador, coreógrafo e instrutor na dança. Pra quem não conhece as habilidades de dança da Serena ou seu conhecimento como bailarina e professora, então nunca vão perceber o que lhes falta.

 

É muito incomum ter o compositor de uma música ensinando dança para a música que ele criou. Especialmente se a música é da qualidade que eu componho. (E eu digo isso humildemente, sem arrogância nenhuma).

 

Na Drumzy School nós fazemos a combinação perfeita para aprender e temos conhecimento comprovado para ajudar bailarinos em todo o mundo. Dançarinos do Japão, Singapura, Malásia, Austrália, Nova Zelândia, TODOS da Europa, Canadá, Estados Unidos, e toda a América do Sul usam a filosofia da escola de dança e eles estão se tornando dançarinos muito capazes ...

 

Se você é uma bailarina, e está pensando seriamente em se tornar uma profissional de gabarito mundial, então venha e estude nossas aulas e cursos.... Você só tem que olhar para os nossos alunos e ver o quão incríveis eles são.

 

7) Ao perguntar para as bailarinas porque elas dançam, elas geralmente se emocionam. Parece que a dança mexe muito com as mulheres, não é mesmo? Por que você geralmente faz esta pergunta às bailarinas?

 

É porque eu estou convidando a verdadeira pessoa espiritualmente artística dentro de cada uma delas.

 

Este artista é muito emocional e irá movê-las quando eu pedir-lhes para dançar ... É um momento muito especial para elas e para mim .... eu adoro isso. Isto é o que toda a dança é ... Sentindo o verdadeiro VOCÊ em VOCÊ ....

 

Eu sinto que quando uma bailarina dança o passo básico egípcio conhecido em Inglês como o "Hip Drops" ela se torna totalmente transparente como uma pessoa .... Você vê a verdadeira bailarina nela .... da mesma forma que quando elas dançam o passo básico Amba .... Você vê a verdadeira personalidade brilhar nela.... Como se por mágica ....

 

É por isso que eles se emocionam.

 

 

8) Na sua trajetória profissional, já são muitos shows, CDs, parcerias, inovações e riquezas musicais. Quais foram os momentos mais marcantes pra você?

 

Oh Meu Deus ..... eu não sei .... todos eles são muito especiais para mim .... Mas é claro que existem alguns momentos especiais que são grandes pedras de milha na minha vida ....

 

cd-ritmos-duploUma das mais importantes é a criação de meu primeiro álbum "Introdução à Dança Egípcia Ritmos", que tornou-se então um CD duplo "Rhythms Of The Nile" .....

 

Em seguida, trabalhar com Peter Gabriel .... E trabalhar com Led Zeppelin (vídeo abaixo), em seguida, trabalhar com Pino Daniele da Itália (vídeo abaixo), bem como trabalhar com Ricky Martin e Shakira.

 

cd-sabla-toloNo entanto, a realização do meu álbum Sabla Tolo sempre me emociona muito.

 

Outro evento importante da minha vida é a realização dos Cursos de Imersão no Brasil. Estes são momentos maravilhosos de minha carreira como artista!

 

 

9) Você conseguiria descrever qual a emoção de ver uma bailarina expressar a música com o corpo?

 

Hhhhhhhmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
Eu realmente não posso .... é muito difícil, mas vou tentar ...

 

Quando uma bailarina verdadeiramente dança a música e interpreta cada parte da composição e o arranjo, ela expressa algo que é muito mais profundo e significativo do que a mais pura das emoções ... é a verdade da verdadeira espiritualidade como um artista.

 

Ela me emociona profundamente e me faz querer ver mais interpretação dela.

Especialmente quando elas estão dançando a minha própria música .... é como ouvir meus próprios pensamentos que estão sendo falados comigo por um outro artista ... mas com sua própria interpretação. É algo que as palavras não podem descrever .... Alguma coisa acontece para mim que tem alegria e compreensão no sentido mais profundo da palavra. É a duplicação completa da emoção que eu criei na música pela bailarina que está movendo seu corpo para interpretar e representar essas emoções exatas em minha música por uma nova unidade de tempo .... Mágica é muito de uma simples palavra para descrever o que isso me causa. Mas obrigado por me convidar.

 

10) Fique à vontade pra acrescentar, complementar!

Tendo treinado dançarinos de todo o mundo, gostaria de convidar novos bailarinos para estudar na Drumzy School.  Pra quem não puder vir ao Reino Unido, podem vir a nossos eventos no Brasil ou até mesmo organizar eventos em suas próprias cidades. Teremos o maior prazer de vir em seus eventos também.

 

Por favor contacte Dani Agnis e estou ansioso para vê-la em breve.

 

Um ponto importante é que estou sempre aberto para receber questões sobre a música, sobre os ritmos e sobre a dança do Egito. Assim, se qualquer um dos leitores tiver uma pergunta, podem enviá-la, e vou ficar feliz em responder para ser publicado no Central Dança do Ventre, portal respeitado.

 

Com muito ritmo,
Hossam Ramzy
http://hossamramzy.com/portuguese/index.htm

 

Na Expo Music 2013:

 

 

Tocando com Led Zeppelin: 

 

Hossam Ramzy tocando com Pino Daniele:  

Vídeos

  • Tópicos:

Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

egito vídeosbailarina brasilbailarina homenageada dança do ventre arte cairo musica homenagemliteratura homenageada bailarina central danca do ventrerevistaartigo professora dança