Esqueci minha senha

Zuleika Pinho

Escrito por Equipe CDV

Zuleika Pinho, a primeira bailarina a realizar uma apresentação de Dança do Ventre no Brasil, foi homenageada este ano no Mercado Persa. E semanas após o evento, gentilmente me concedeu esta entrevista contando sobre sua carreira e sobre o início da Dança do Ventre no Brasil.

 

 entrevista_zuleika_pinho
Senhor Willian Bunduk e Alex Bunduk (músicos de Zuleika Pinho)

 

1. Você foi a primeira bailarina de dança do ventre a se apresentar no Brasil. Conte-nos um pouco sobre como foi, onde e quando ocorreu este grande marco.

Bem, meu início como bailarina foi aos sete anos quando entrei pra escola de teatro municipal de São Paulo, onde me formei em balet clássico.

Já aos treze anos ingressei no corpo de baile e me apresentava dançando vários estilos!
Comecei a me apresentar na televisão tambem nesta época!

Aos 14 anos fui convidada pra fazer um show num clube árabe chamado Homes. Me perguntaram se poderia apresentar uma danca oriental, não tinha ideia do que era, mas aceitei.

Fui até o clube dias antes fazer um ensaio quando tive o prazer de ouvir e conhecer músicas com alaúde, darbak e pandeiro! Fiquei maravilhada com o ritmo e por intuição dancei e amei!

Nunca havia visto uma autêntica dançarina árabe dancar, apenas tinha uma pequena ideia vendo filmes americanos que no fundo nao tinham nada a ver. Lógico que foi uma dança sem a técnica da dança do ventre de hoje mas mesmo assim foi um sucesso…

Continuei a ser chamada para shows do gênero e fui me adaptando! Como tinha um tipo de corpo muito bom para o estilo, cintura 58, quadril 95 e busto 95, cabelo preto e brilhante e muita expressão corporal, agradei bastante... Para mim foi ótimo pois queria ser solista e foi dessa forma com a dança do ventre que conquistei o que queria!

Fiz muitos shows em barmitvas, clubes e casamentos na colônia árabe. Foi uma carreira que me deu muita satisfação. Tive muito apoio da imprensa que sempre me elogiou me dando até o título de Rainha da dança do ventre em grandes jornais e revistas!

2. Onde e como você aprendeu os primeiros passos da dança do ventre? Como era a dança do ventre no início de sua história aqui no Brasil?

zuleika_pinho_1.jpgFoi praticamente por intuição, logicamente com uma grande base do clássico e outras modalidades. Aí fui vendo filmes e um show da Samia Ganale na tv Record por volta dos anos 60. Fui introduzindo meu estilo e assim foi!

3. Olhar para trás e saber que você acompanhou a história da dança do ventre desde o início no Brasil deve lhe causar grandes sensações. Fale-nos um pouco sobre elas.

Realmente é ate uma grande responsabilidade, afinal hoje parece que somos a Meca da danca do ventre.

É impressionante a aceitação que existe por aqui desta dança. Na verdade depois que parei que foi há 20 anos atrás, fiquei completamente afastada de tudo. Graças à Samara e Salimar que lembraram de mim tive a oportunidade de estar aqui dando esta entrevista.

Estive me dedicando exclusivamente à minha casa, ao meu marido e meus filhos e minha mãe!

4. Como você vê a situação da Dança do Ventre hoje no Brasil?

A situação da dança do ventre no Brasil é espetacular. A brasileira é muito versáatil. Somos muito musicais.

zuleika_pinho_2.jpgSó não gosto da situação comercial da bailarina, não são valorizadas nos seus cachês, deveriam ganhar muito mais pelo seu talento e trabalho. Já era hora de termos um sindicato das bailarinas pra que fossem mais bem pagas e mais respeitadas no Mercado!

5. Este ano no Mercado Persa 2009, você recebeu uma linda homenagem da Shalimar por ter sido a primeira bailarina a fazer uma apresentação de dança do ventre no Brasil. Fale sobre este acontecimento.

A Samira, a Shalimar e seu irmão são gente maravilhosa, aliás todos que compõe a equipe.

Este privilégio que eles me deram foi muito, muito gratificante, gracas a elas fui lembrada!

Espero poder estar presente sempre que puder e poder ver todo fruto colhido com meu início na dança do ventre.

6. Como está sua carreira hoje? Ela se divide entre dar aulas, se apresentar?

Hoje sou apenas uma expectadora, dei aulas por alguns anos, parei mas vou voltar a dar aulas!

7. O que mais te encanta na Dança do Ventre?


Tudo, a música me fascina, a feminilidade da bailarina, o charme, é uma dança de uma expressão singular… ah… e as roupas também, é claro!

8. Pode-se dizer que na dança do ventre há uma combinação entre técnica e sentimento. Como você vê essa combinação? O que é preciso para desenvolver estes dois aspectos?

Com certeza tem que haver técnica e sentimento, esta dança nao existe sem essa combinação. A expressão do sentimento na dança é essencial. Este foi o meu forte, o meu diferencial!

Técnica nós adquirimos com a prática, mas o sentimento nascemos com ele. Lógico que para fluir o sentimento no palco temos que adquirir autoconfiança e isto vem com o tempo!

9. Qual foi seu maior sonho realizado na Dança do Ventre? E aquele que ainda não realizou?

zuleika_pinho_3.jpgFoi dançar para a colônia árabe que foi pra quem mais me apresentei, nos clubes Homes, Sirio libanês de São Paulo e Santos, casamentos, Zarli Clube, etc … e ser aplaudida como se fosse uma bailarina internacional!

10. Quais as bailarinas que mais te inspiram na Dança do Ventre, aquelas que você mais admira?

Olha a que mais me inspirou foi uma que vi num filme de bailarinas...morena...muito bonita de rosto mas infelizmente não lembro do seu nome!

11. Agradecemos imensamente pela gentileza em nos conceder esta entrevista. Fale aqui sobre o que quiser.

A satisfação foi minha. Vocês foram muito simpáticas, atenciosas, estarei sempre à disposição! Muito obrigada!


Zuleika Pinho
(11) 4195-1259 e (11) 7515-5184

 

zuleika_pinho_6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

zuleika_pinho_7





 





reportagem_8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

reportagem_13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

reportagem_10





















































reportagem_9

 

 





 

 


Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

homenagemartigobailarina homenageada vídeos musica cairo central danca do ventre homenageada brasil dança bailarinarevistabailarinaliteratura egito arte professora dança do ventre